Ortodents: A melhor clínica odontológica de Valparaíso Leia Mais

O melhor escritório de contabilidade de Valparaíso Leia Mais

 

Nota de Indignação dos Concursados que aguardam por suas nomeações no serviço público de Valparaíso

Hoje, dia 12 de setembro de 2015, faz exatamente 419 dias desde a realização da prova para o Concurso Publico com 1.856 vagas imediatas e outras milhares para cadastro reserva em vários níveis, segmentos e cargos da Administração Pública de Valparaíso de Goiás. Tal Concurso é proclamado até hoje pela Gestora do município como o mais transparente, o mais completo, o mais correto e que foi realizado por alguém muito preocupado em trazer a decência e a moralidade nunca vistas na região em uma gestão pública.

Após várias manifestações, idas ao Ministério Público, com entrega de denúncias e requerimentos, participação em sessões da Câmara de Vereadores, Audiências na Prefeitura, Processos no Judiciário e Processo Seletivo Simplificado para professores, nada ou quase nada foi feito. Na Prefeitura, ouviu-se um discurso fictício e mentiroso por parte da Prefeita; o Ministério Público cumpriu e continua cumprindo seu dever de denunciar e acionar o Judiciário nos casos de irregularidades; na Câmara de Vereadores, poucos foram os legisladores que ouviram e estão auxiliando os aprovados em seus direitos e no Judiciário, o que se viu foi à queda de uma liminar, diante de fatos legítimos apresentados pela prefeitura, porém mentirosos com relação às suas intenções.

Os 90% dos aprovados continuam esperando e se perguntando até que ponto realmente valeu o esforço, a esperança e toda a ansiedade pela qual passaram e tem passado nos últimos meses. O Concurso que prometia cumprir a Legislação e ter em seus quadros de servidores 90% de efetivos, não passa de uma grande piada e jogada eleitoreira. O Município de Valparaíso continua com as mesmas práticas de sempre, com 60% de servidores em Contrato Temporário, Comissionamento ou Apadrinhamento por políticos da situação que, fazem do cabide de emprego a moeda de troca no momento da eleição.

A revolta, a indignação e a repugnância tomam conta de milhares de aprovados e suas famílias que se esforçaram e assistem hoje à contratação indiscriminada de pessoas para exercerem seus cargos, terem suas vidas e seus direitos. Apenas na área de educação foram contratados 639 professores e inúmeros monitores, que exercem funções as quais, muitas vezes, não estão preparados e qualificados. Um Processo Seletivo realizado e legitimado apenas por força da queda de uma liminar. Queda esta, viabilizada pela apresentação de uma necessidade de 426 servidores em contrato para suprir vagas de efetivos afastados da sala de aula. A diferença nos números é de 213 professores, muitos dos quais em contrato temporário desde o início da atual gestão.

Os números estão à disposição de todos. Foram contratados para serviço temporário 22 professores de Ciências, 19 professores de Geografia, 22 professores de Educação Física, 18 professores de Historia, 26 professores de Matemática, 25 professores de Português, 17 professores de Inglês e 490 Pedagogos.

E novamente nos perguntamos onde está à decência e a transparência propagadas pela Sra. Prefeita e o que leva um município a ter em seus quadros apenas 40% de efetivos e optar por ter em sua máquina uma grande maioria de contratos temporários? Será a proximidade das eleições?

Ganha um doce quem acertar!

nomeação

Foto: Marcelo Carlos – Nomeação não é favor. Nomeação é obrigação.

                                                               Luciane Pinheiro

Coordenadora Geral – ASCON

2 Responses to Nota de Indignação dos Concursados que aguardam por suas nomeações no serviço público de Valparaíso

  1. Bárbara diz:

    Aguardando minha nomeação…

  2. Luiz Carlos diz:

    E qual é a quantidade, por disciplina, de cada área?
    Tentei encontrar essas informações e não consegui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market