Provas do concurso do Corpo de Bombeiros do DF são anuladas

O Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) informou nessa sexta-feira (17) que foram anuladas as provas objetivas aplicadas no concurso para o cargo de soldado condutor e operador de viaturas. As provas foram aplicadas no dia 5 de fevereiro.

Segundo a entidade, a decisão foi tomada após solicitação do presidente da comissão de de execução de contrato do Corpo de Bombeiros Militar do DF, em atendimento à recomendação do Ministério Público do DF. Tal medida, informou o Idecan, foi entendida como necessária em face da inconsistência havida, relativa à divulgação dos locais de realização de provas no site da organizadora.

Informações sobre o cronograma de reaplicação da etapa deverão ser divulgadas
pelo site do Idecan.

Pedido de anulação

Após receber mais de cem de manifestações sobre irregularidades nas provas do concurso para o Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF), o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) recomendou que o Comando-Geral dos Bombeiros anulasse a primeira etapa do concurso para o cargo de soldado condutor e operador de viaturas.

De acordo com o MPDFT, foram identificadas graves falhas procedimentais cometidas pelo Idecan. Entre elas a não designação prévia das salas para a realização das provas e atraso para o seu início; descontrole por parte dos fiscais em relação à coordenação dos candidatos em sala; divergência entre os nomes constantes nos cadernos de provas e respectivos gabaritos; e não concessão de tempo complementar aos candidatos, uma vez que o certame fora iniciado após o prazo preestabelecido no edital.

Via Jornal de Brasília/Foto Agência Brasília

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market