Ortodents: A melhor clínica odontológica de Valparaíso Leia Mais

O melhor escritório de contabilidade de Valparaíso Leia Mais

 

Licitação do transporte coletivo de Valparaíso é suspensa

A sessão da primeira fase da licitação do transporte coletivo de Valparaíso de Goiás foi suspensa por tempo indeterminado. De acordo com a Comissão, não há previsão de uma nova data para a retomada do certame. O aviso foi publicado na última sexta-feira (03) no Diário Oficial.

O edital foi lançado no final de dezembro de 2016. A permissão da Contranride, atual cooperativa, venceu em maio de 2016; e desde então opera com autorização precária até a conclusão do certame.

A municipalidade vai selecionar a proposta mais vantajosa, apresentada por empresa, cooperativa ou consórcio de empresas, para outorga da concessão do serviço de transporte coletivo, em todo o sistema regular municipal, compreendendo: a operação e manutenção do serviço de transporte coletivo; a implantação, disponibilização e operação de Sistema de Bilhetagem Eletrônica – SBE e de Sistema de Controle da Operação e Informação ao Usuário – SIU.

O critério para a escolha da vencedora da licitação será o de menor tarifa. Propostas acima da tarifa-teto, de R$ 2,70, serão descartadas automaticamente.

O valor da outorga é fixo, e deve ser pago no dia da assinatura do contrato em parcela única, no valor de R$ 375.000,00. O contrato tem validade de 10 anos, renovável por igual período.

Via Pense Mobilidade

3 Responses to Licitação do transporte coletivo de Valparaíso é suspensa

  1. Laurindocandido diz:

    Já vai tarde essa cooperativa trata oe passageiros muito mal ônibus velhos todo sujo vai com Deus .

  2. Osvaldo Aranha de Abreu Gonçalves diz:

    Que o processo licitatório obedeça os princípios previsto no a art. 37 da Constituição Federal, observando o § 1º da Lei Orgânica do Município, principalmente no que diz a respeito o § 2º. Acredito já ser tempo hábil,com mais de 20 de emancipação, para que o município começa a estudar a criação de sua próprio Empresa de Transporte Coletivo, devido a diversidade de reclamações da população a respeito da qualidade, inclusive com atenção especial aos estudantes e trabalhadores que necessitam de deslocar a Brasília e outras cidades do entorno, a fim de exercerem sua atividades habituais.
    Dr. Aranha.

  3. Silva diz:

    Já vai tarde esse lixo….que vá para bem longe onde não existem nem um passageiro. …trata mal os idosos. Estudantes,cadeirantes nem se fala. Um abraço vá logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Web Design BangladeshBangladesh Online Market